Janela Indiscreta

Este blogue foi recomendado pelo Pedro Rolo Duarte no seu programa Janela Indiscreta, da Antena 1, a 28-07-2010.
A história chegou ao fim, foram 42 episódios ao longo de meio ano. Mas ela está cá toda, é só consultar o arquivo do blogue, começando em Julho de 2010. Ou escolha o episódio que quiser, utilizando a caixa de pesquisa, aqui ao lado.
À laia de motivação, aqui fica a republicação do 1º Episódio.

15 de julho de 2010

Intermezzo # 1



- Eh pá, diz-me lá! O que preciso eu de fazer para que me eternizem assim numa estátua?




- Não há pachorra! Uma vez famosos, deixam de comunicar com os mortais comuns!




Publicidade
(tlim tlão)

Não perca o 3º Episódio da saga "Cloning", na próxima segunda-feira!
Num blogue perto de si...

(tlim tlão)

8 comentários:

antonio - o implume disse...

lol. Boa, mas noto que isto mal começou e já meteu um intervalo... autores portugueses.

Zé Povinho disse...

Dois episódios e descanso? Eu bem gostava de poder, mas não me deixam!
Abraço do Zé, hoje de muito bom humor

Daniel Santos disse...

bom momento.

Kássia Kiss disse...

Bem, o intervalo entre os episódios é o mesmo. Resolvi, para já, deixar assim, inserindo pausas destas pelo meio...
Como sempre, gosto que passem por aqui ;)

Né Ladeiras aka Maria de Nazaré disse...

Quero desejar-lhe um feliz aniversário - HOJE, dia 16, de Clara também :)

Moura Aveirense disse...

:)

Obrigada pela visita ao meu blog, volte sempre!

fallorca disse...

:)

mikael ar canjas disse...

«- Eh pá, diz-me lá!
O que é preciso fazer
para em estátua cá
ficar eternizada
preciso viver ou morrer
ou ser envernizada
para que seja cagada
por todas as raças
de pombos
e ouvir tocar os bombos
nas praças da madrugada

e eu digo-te assim
que a resposta é clara
não sejas coisa rara
pensa que não tens fim
e escreve como o Henrik
ficarás petreficada
citando mortos passados
ou talvez metalizada
pelos divinos finados

deves citar bocas mortas
Como disse o Woody: A tradição
e tratar como irmão
um qualque sessentão
que da permanência for ilusão "

as estátuas não são eternas,
nem as ideias contidas,
não andam mesmo com pernas
ou com elas partidas

eventualmente o conceito
de estátua mudará,
ou mesmo finará.
por isso não leves a peito
a cada um o seu jeito
a cada um o seu rumo
não sejas fio de prumo
nem escrevas em papiro´
em hitler não dês um tiro
para em estátua ficar



Se bom se mau não sabemos,
se henrik petreficar
mas sabemos pelo menos
que os pombos lhe vão.....